Páginas

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Será castatrófico mostrar que não somos perfeitos numa entrevista?

Numa altura em que muitos mudam ou procuram mudar de emprego é importante ter consciência e enaltecer os pontos fortes, aquilo em que são melhores, mas ninguém é perfeito e há que tirar proveito das nossas fragilidades, dos nossos pontos de melhoria. Neste pequeno vídeo da Forbes podem ver como se pode dar a volta aos pontos fracos de forma positiva demonstrando que apenas se tem um bom nível de autoconhecimento e mais, que se deseja e aposta na melhoria continua.
Ninguém é perfeito e todos sabemos disso, mas a nossa vontade de querermos ser melhores pode fazer o candidato perfeito.
Boa sorte para quem procura novos desafios profissionais neste início de ano!





Sem comentários:

Enviar um comentário