Páginas

terça-feira, 12 de abril de 2016

5 passos para ir do desejo à ação

Sair da nossa zona de conforto é sempre um misto de sentimentos. Se por um lado é empolgante, por outro dá um medo do caraças.
É muito mais fácil arranjar desculpas, esconder-nos debaixo do chapéu das nossas dúvidas, inseguranças e continuar dia após dia, mês após mês, ano após ano, adiar aquele projeto, aquela ideia, aquele desejo secreto que temos na cabeça.
Reformular a imagem deste espaço, criar-lhe uma página de facebook e divulgá-lo foi um processo que para mim demorou meses, não tanto pela dificuldade técnica, mas por falta de um foco, de uma estratégia, que me permitisse avançar sem medo.
Deixo-vos aqui 5 dicas para lidarem com os medos e passarem à ação (sem necessitarem de recorrer a psicoterapia):
  1. Arranjar tempo para colocar as coisas no papel - tirar uma hora, uma tarde, um dia, um fim de semana para colocar as ideias no papel. 
  2. Deixem de lado todos os impossíveis - acreditem que é possível realizar o vosso projeto, sonho. Tudo é possível. Acreditem!
  3.  Questionar - questionem-se: para quê? Para que quero fazer isto? Porque é isto importante para mim? Como? Do que preciso? Que tempo preciso? Quando?
  4.  Assumir o compromisso - depois de responderem às questões, partilhem o vosso plano/ideia, assumam o compromisso com outra pessoa. Tornar um plano "público" ajuda-vos a assumir a responsabilidade perante outro/s e assim diminuir a probabilidade de se auto-boicotarem.
  5.  Dar o primeiro passo - por muito gigantesco que determinado objetivo possa parecer, dar um pequeno primeiro passo é meio caminho andado para conseguirem. Isto vai dar-vos confiança para continuar e torna o objetivo gradualmente mais tangível. Ninguém consegue comer um elefante de uma vez, mas às postas... 
Seja qual for o vosso desejo: correr uma maratona, ter um negócio próprio ou pura e simplesmente arrumar a gaveta das meias, é possível. O importante é dar pequenos passos nesse sentido. Just do it!


2 comentários:

  1. O nome dessa preguiça é procrastinacao, amiga. Vamos vencê-la e não ela a nós. Bjs

    ResponderEliminar