Páginas

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Quando as relações se degradam

Há alturas em que temos de dizer basta. Chega. Acabou.
Há relações que por muito que se batalhe para arranjar uma solução ou dar a volta, o desgaste, a saturação, a degradação é tanta que a coisa não acontece.
Há coisas que se dizem, se fazem ou não se fazem. Faltas de respeito corroem tanto o elo que dificilmente alguma super cola consegue recuperar.
E isto acontece nas relações amorosas, pessoais e também profissionais.
É absurdo e até prova alguma ignorância pensar nas pessoas no trabalho como números ou máquinas e não trabalhar a relação empregador/empregado de forma sustentável e positiva. Nenhum empregador pode esperar que o seu empregado vista a camisola, seja produtivo e feliz no trabalho se o elo não for criado e fortalecido em vez de massacrado com atitudes pouco éticas e carregadas de falta de consideração e respeito pelos subordinados. E quem diz colaboradores, diz clientes, fornecedores ou qualquer outra entidade que se cruze no caminho. O respeito pelo próximo é muito importante seja na rua, em casa ou no escritório.
Pensem nisto.

Sem comentários:

Enviar um comentário