Páginas

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Saímos do gueto para ir ao jardim chic, mas...

Já tivemos uma má experiência num parque na Amadora e por isso, optamos a maior parte das vezes por levar o puto a outros parques em Lisboa. Este fim de semana levei-o a um parque no Restelo (coisa chic), mas cheguei à conclusão que a má edução existe em todo o lado.
Incentivo sempre a minha criança a emprestar os brinquedos, mas o mínimo que espero é que da parte dos pais haja o pedido. Ora, levámos o triciclo para o parque e enquanto o miúdo andava de escorrega, estacionámos o veiculo junto a um banco. Qual não é o meu espanto quando olho e andava um menino no triciclo do meu filho, com os pais a verem e na maior, como se não houvesse qualquer problema em pegar nos brinquedos alheios sem pedir.
Fiquei piursa, mas ainda assim disse ao Francisco para ele deixar andar o menino que em breve ele fartava-se e aí ele podia andar tranquilamente, enquanto o distraía com o balouço do parque. Mas eu estava enganada. Para minha surpresa, quando volto a olhar já o triciclo do meu filho estava no meio de um grupo de pais enquanto os filhos andavam alegremente na viatura, totalmente apoderados da coisa. Quando a minha criança se apercebeu, claro que quis ir reaver o que era dele e lá tive eu de enfrentar a prol de gente fina (alguns até famosos), para recuperar o triciclo.
Resumindo, ou os tiozorros acham que é tudo deles ou são todos comunas sem educação. Tenho dito.

3 comentários:

  1. Infelizmente, há gente parva em todo o lado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo! Já percebi que a humildade e boa educação não é para todos...

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar