Páginas

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Lost in translation

Setembro é um mês de recomeços. Com ele voltam as rotinas, mas também as dúvidas, as incertezas, a necessidade de momentos de pausa para refletir.
Na certeza que algures durante este ano (ou anos) me fui perdendo de mim e na incerteza de como poderei voltar a encontrar-me, existem sempre pessoas e situações que ajudam a achar as respostas que tanto preciso.
Sinto-me grata pelo caos porque apesar de ser doloroso, confuso e angustiante traz com ele a necessidade de agir, de mudar, de aceitar, de acreditar, de cooperar. Nada acontece por acaso e em tudo podemos tirar um ensinamento, uma lição, um lado positivo. Quando algo corre menos bem ou não corre como esperava é porque algo melhor está para vir, sei que é assim. E enquanto não se encontra o caminho certo, refugio-me no conforto de saber que no meio da incerteza tudo vai ficar bem.

Sem comentários:

Enviar um comentário