Páginas

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Destralhar e ajudar

Em março lançaram-me um desafio: fazer parte do Conselho de Administração da Associação Humanidades. Apesar de já ser associada há algum tempo, pareceu-me uma boa oportunidade para me envolver ainda mais no dia a dia da organização, o que por um lado é bom, posso sempre fazer mais por aquelas jovens.
Por outro lado, todos os dias acabo por saber de situações que me deixam o coração em fanicos. A semana passada entraram duas jovens grávidas apenas com a roupa que tinham vestida. Não têm nada, nada. Não consigo imaginar o que sentem estas miúdas, a carregar um filho na barriga e a não ter qualquer perspetiva de futuro. Ainda bem que a residência existe para as acolher. Hoje fui levar-lhes uma serie de roupas que usei quando estava grávida e outras do tempo em que estava mais gordinha. Não é muito bem sei, mas sempre é uma ajuda para aguentarem estes primeiros tempos.
A Associação está fazer uma angariação de roupinhas para bebés, bens de higiene, berços, carrinhos de bebé com ovo, por isso, se tiverem alguma coisa que não precisem e queiram doar, estas meninas e os seus bebés vão agradecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário