Páginas

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Tinha medo de me esquecer de alguma coisa e esqueci.

Não. Não me esqueci do miúdo. Esqueci-me do recipiente onde coloco as lentes de contacto depois de as tirar. Trouxe o líquido, mas não trouxe o tal recipiente (que não sei como se chama). Resultado a primeira noite dormir com as lentes e na manhã seguinte fui em busca de uma ótica. Na recepção do hotel disseram que eram dez minutos a pé, mas talvez por me ter enganado, ter virado numa rua no sentido oposto e ter feito uns cinco kilometros a mais a pé à chapa do sol a coisa demorou um pouco mais tempo. Fez-se, não foi o fim do mundo, mas como vos disse eu sabia que me ia esquecer de qualquer coisa. Oh cabeça no ar!

Sem comentários:

Enviar um comentário