Páginas

segunda-feira, 6 de julho de 2015

O livro do mês #3 - O jogo de Ripper

Já andava há muito para ler este livro, comecei o ano passado nas férias, depois desisti e retomei há uns dois meses, apanhei-lhe o gosto e este fim-de-semana finalmente acabei de o ler.
Não conhecia a escritora, diz quem me ofereceu o livro que é ótima, e fiquei fã. Uma história ao estilo “Mentes Criminosas” que podia ser contada de uma forma bastante simples, mas que a autora conseguiu transformar num romance policial intrigante até à última página (literalmente).
Isabel Allende conseguiu dar um elã ao livro que prende a pessoa à história e nos põe a devorar cada frase a uma velocidade estonteante para chegar ao fim.
Resumidamente um grupo de pessoas a jogar um jogo virtual descobre a origem de vários crimes cometidos na cidade de São Francisco e afinal de contas o motivo dos assassinatos e o psicopata que os comete está muito mais próximo da protagonista e “mestre” do jogo do que aquilo que seria de supor. E mais não vos conto se não perde a piada.
O jogo de Ripper é mais que um jogo, é uma viagem a um filme de ação, romance e mistério.

Sem comentários:

Enviar um comentário