Páginas

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Dos Verões

Fui estender roupa na varanda e entre o calorzinho da hora de almoço e o cheiro a peixe grelhado que se sentia, lembrei-me saudosamente das férias de Verão em criança passadas entre as praias de Pedrogão, Vieira e Nazaré.
Cheiros característicos das praias da zona do Oeste que dificilmente se encontram noutro lado. Cheiros que ficaram registados na memória e que me lembram a família de emigrantes que regressava religiosamente em agosto, (todos os agostos), os pic nics que mais pareciam casamentos, as barraquinhas de praia com tecido às riscas. A bolacha americana, os primos (e somos tantos), os tios, a figueira da minha avó, o tanque de pedra que tantas vezes improvisou uma piscina, as brincadeiras, a inocência e a alegria.
Pensando bem tive uma infância bastante feliz e só espero conseguir proporcionar ao Francisco tão boas ou melhores recordações daquelas que tenho de quando eu era uma criança.


Sem comentários:

Enviar um comentário