Páginas

segunda-feira, 23 de março de 2015

Aprendizagens de ontem

Ontem fiz a minha primeira mini maratona. Ontem corri pela primeira vez 7,8km, sem parar. Mais do que a emoção de passar a meta e mostrar a mim mesma que sou capaz, a prova de ontem serviu para perceber que tenho muito a melhorar e tomar consciência que o espírito de camaradagem é algo que se conquista, mas que também depende de nós querer fazer parte desse espírito. Do partilhar alegrias e tristezas em equipa e de não abandonar os companheiros. E que em equipa é muito mais fácil do que sozinho.
Alcançar um objetivo pessoal, superar-nos é bom e dá-nos força para voltar, para fazer mais e melhor.
Afinal, e já disse isto muita vez, a vida é uma caminhada e temos tanto para aprender enquanto andamos.
E às vezes temos de bater com a cabeça, de parar para pensar, para restabelecer energias, mas o importante é nunca desistir. Não são sempre só vitórias, mas vencer pequenas batalhas interiores dá-nos força para enfrentar os desafios seguintes, dá-nos confiança para cada dia acreditarmos mais em nós e aceitar-nos como somos. Só assim podemos melhorar. Tomar consciência de onde estamos, como queremos estar e traçar o caminho para lá chegar. Empenhar-nos nos objetivos definidos e apesar das contrariedades, lutar, continuar e superar-nos. E é assim, uma e outra e outra vez, para cada dia sermos ainda mais felizes.
Esta foi a grande aprendizagem de ontem.
E agora próximo desafio: a meia-maratona na Ponte Vasco da Gama, em Outubro.

Sem comentários:

Enviar um comentário