Páginas

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Há o amor e uma cabana...

... E depois há um bacalhau à Brás e um livro.

E tudo prometia um excelente almoço numa esplanada no jardim, com o sol de Inverno aquecer o corpo e a alma, tudo tranquilo e pacífico. Eu a tirar uma horinha para mim, a devorar um livro e o prato de bacalhau. Vai que, de repente há um rapaz que decide ir treinar o seu cão para o jardim, mesmo em frente à esplanada. Acabou-se o sossego e passei o resto da hora de almoço a ouvir assobios e "Maya, Maya, M-A-Y-A, anda cá!".
Pobre cadela que era pequena e fofinha e com um nome de "bruxa"e eu que queria ter ficado extremamente chateada com a bicha, mas acabei por lhe achar um piadão a brincar claramente com o dono e a não fazer nada do que ele lhe mandava.
Ainda assim e apesar de não ter sido um almoço tão calmo quanto imaginava, foi bem bom. Até que gosto destes dias de quase inverno.

Sem comentários:

Enviar um comentário