Páginas

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Quando escrevi o post sobre o peso, ainda não sabia da polémica que se gerou nas redes sociais sobre a suposta “gordura” da Jessica Athayde. A moça depois de tantos ataques sobre a sua suposta “balofice” escreveu no seu blog sobre o tema e eu não podia estar mais de acordo. 
A verdade é que as mulheres em geral são cruéis umas com as outras, somos muito criticas, estamos sempre prontas a apontar o dedo em riste a esta ou aquela porque vem com a saia curta, calças compridas, porque está gorda, magra, de óculos, de aparelho, porque foi mãe e agora tem de dedicar tempo a tudo e alguma coisa fica para trás.
De uma forma geral somos cruéis umas com as outras, somos as primeiras a apontar o dedo. É feio! Muito feio. Devíamos aprender qualquer coisa com os meninos do sexo oposto, eles que se defendem sempre com unhas e dentes e sermos mais solidárias, mais simpáticas umas com as outras, mais tolerantes e aceitarmos cada uma e a nós próprias com as suas diferenças.
Defendo isto! E acho mesmo que devíamos de deixar de ser tão “cabrinhas” umas com as outras, porque muitas vezes estes comentários e criticas não são mais do que reflexos da nossa própria insatisfação connosco próprias.

Sem comentários:

Enviar um comentário