Páginas

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Como fazer uma criança feliz

Andava há tempos para comprar uma piscina insuflável cá para casa. Com estes dias de calor, em que só apetece ter os pés de molho, achei que era giro para o Francisco ter uma piscina na varanda.
Encontrei uma barata e gira no continente e decidi comprar e mal tinha acabado de pôr a piscina no carrinho, vi uma embalagem de bolas e pensei: "estas vão comigo também".
E foi o melhor que fiz. Ontem enchi a piscina e despejei o saco de bolas lá para dentro, a seguir foi ver o delírio do Francisco.
De sorriso rasgado, todo contente a brincar com as bolas.
E assim, se faz uma criança feliz, com uma piscina de bolas, muito mimo e atenção.

Sem comentários:

Enviar um comentário