Páginas

domingo, 22 de junho de 2014

Penúltimo dia em Moçambique

Tempo para um almoço delicioso com amigos num dos restaurantes da moda, tempo para fazer algumas compras e tempo para passear um pouco por Maputo. Amanhã é dia de regresso, mas antes disso ainda quero ir comprar mais umas bugigangas e umas capulanas que hoje já não deu. Enquanto isso estou a contar todos os minutinhos para regressar e poder abraçar o meu pequeno. E agora quem não gostar de coisas lamechas pode parar de ler.
Tenho tantas saudades do Francisco, mas tantas que acho que nem consigo respirar em condições. O coração está apertadinho e só quero poder enche-lo de beijos. Apesar de tudo acho que me aguentei bastante bem esta semana, só tive um ataque desesperado de querer ir embora e ir ter com ele, por isso acho que correu bastante bem, mas só aqui entre nós, já só penso na hora de aterrar em Lisboa.

1 comentário:

  1. O último dia longe deles é sempre aquele que custa mais. Força aí

    ResponderEliminar