Páginas

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Pensamentos que me assolam a mente: pescadores à beira rio

Os pescadores que normalmente estão à beira rio são pessoas que me causam uma certa inquietação. Primeiro de tudo são esquisitas, com olhares estranhos, conversas estranhas, jeitos esquisitos e com cara de ter algum distúrbio mental. Ainda bem quando passo por eles é a correr, sempre tenho mais hipóteses de lhes escapar.
Depois também não percebo bem qual a motivação para pescar ali, à beira Tejo, onde o peixe deve sair mais contaminado do que um terreno cheio de cocó.
Desculpem-me leitores queridos, se algum de vós se dedica a pescar à beira Tejo, mas realmente é coisa que me apoquenta.

Sem comentários:

Enviar um comentário