Páginas

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Mas afinal onde se passa o tempo?!

Há dias que rendem comó caraças, que dá para cuidar de mim, do miúdo, brincarmos, ler, tratar da casa, da roupa e ainda sair para fazer qualquer coisa e depois há dias (ou semanas) que passam a voar e nem dou por ela. Quando chega à noite olho para trás, o tempo passou, eu sinto-me exausta e não fiz nada de jeito, para além do básico de alimentar o pequeno alarve, trocar-lhe as fraldas, brincar um pouco com ele, adormecê-lo, alimentar-me a mim e pronto. 
E o pior é que não consigo perceber porque não deu para fazer mais nada. Eu até me levanto cedo e tudo... Afinal onde estou a desperdiçar tempo? Afinal onde é que passam os minutos preciosos para conseguir fazer algo mais do que tarefas básicas de mãe?  
Verdade que esta chuvinha da treta não ajuda nada a que uma pessoa se oriente, mas será o estado da metereologia desculpa para tudo? E se agora estando todo o tempo em casa não consigo fazer grande coisa, como será quando começar a trabalhar? Irra!! Que estes dias deixam-me cá com uma neura... 
Ai Primavera chega depressinha, sim? 

Sem comentários:

Enviar um comentário