Páginas

domingo, 5 de janeiro de 2014

Momento de contemplação

Ontem enquanto o adormecia ao meu colo, fiquei uma meia hora só a contemplar a mãozinha esquerda dele. A guardar cada pormenor daquela mini mão na minha cabeça, na minha memória, porque o tempo passa a correr e eu sei que sem dar por isso, ele vai crescer, tal como as suas mãozinhas e a pouco e pouco vai deixando de ser um bebé que protejo e embalo no meu colo, para passar a ser um homem no mundo. E por muito que me custe vou ter de o deixar ir e descobrir e não vou poder estar sempre atrás dele a protegê-lo. É a vida e quanto a isso não há muito a fazer. Por isso, deixa-me cá aproveitar bem cada minutinho desta fase de bebé e esperar que o relógio pare, só um bocadinho, naquele momento só nosso de colinho antes de dormir.


Sem comentários:

Enviar um comentário