Páginas

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Não se fala noutra coisa, são várias as homenagens ao Pantera Negra nas redes sociais, Tv, jornais, blogs.
Vi a notícia, ontem, enquanto tomava o pequeno almoço e confesso que fiquei um pouco tocada. A primeira coisa que fiz foi correr para o quarto e partilhar com o esposo. Apesar de não ter acompanhado os momentos gloriosos do Eusébio, sem dúvida que é um marco no desporto em Portugal e uma presença única que deixará saudades a todos. R.I.P. Eusébio.

Sem comentários:

Enviar um comentário