Páginas

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Ainda a licença de maternidade alargada

Depois de muito pensar e repensar sobre o tema, decidi ficar em casa mais um mês. Felizmente, trabalhar numa das melhores empresas para se trabalhar em Portugal e ter um chefe porreiro permitiu-me este "devaneio". Estava cheia de medo, mas a coisa foi bem aceite. Apesar de lesar um pouco a equipa, houve muita compreensão do lado da chefia e uma total abertura para fazer o melhor para a minha família.
Estou grata, muito grata por esta benesse. É bom saber que apesar deste tempo todo fora, quando regressar o meu lugar está à minha espera.
E como é que eu irei estar quando regressar ao trabalho? Será que ainda me lembro de como as coisas se fazem? Será que conseguirei ser produtiva e rentável para a empresa como era antes? Será que conseguirei gerir devidamente o meu tempo para dar para tudo (família, trabalho, amigos, casa, lazer)?
Pode ser que com isto de ser mãe ganhe super poderes de organização e dê para tudo, tal como quando decidi voltar a ser trabalhadora estudante e ainda assim engravidar.
A ver vamos. Para já, para já vou mas é desfrutar destes dois próximos meses ao máximo!

Sem comentários:

Enviar um comentário