Páginas

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Não fosse eu saber as complicações de deixar o miúdo dormir sempre para o mesmo lado e era uma mãe muito mais feliz ou pelo menos a dormir melhor. É que agora, que temos de contrariar o lado preferencial do miúdo, passo as noites a levantar-me para lhe virar a cabeça para o lado direito e começo a andar meia zombie, porque com esta brincadeira nem eu, nem ele dormimos bem durante a noite... 

Sem comentários:

Enviar um comentário