Páginas

domingo, 17 de novembro de 2013

Um dia não são dias

Hoje foi a festa de aniversário de uma das minhas melhores amigas. Lembro-me dela desde sempre na minha vida. Desde a escola primária naquela fase horrível de mudança dos dentes, em que parecemos umas velhinhas desdentadas, passando pelos tempos de rebeldia na adolescência, seguido dos de borga na faculdade, até aos dias de hoje.  E foi assim que ao longo de quase 30 anos vivemos alegrias, partilhamos tristezas e desamores, crescemos lado a lado. Hoje foi o dia em que a minha queria amiga do coração festejou os seus 30 anos e desejo do fundinho do meu coração que este marque o início de uma nova fase maravilhosa na sua vida. E é por ela ser assim tão especial que hoje, pela primeira vez, deixei o miúdo em cá casa com o pai e os avós e fui para a rambóia. Aaaaah! Como soube bem produzir-me, escolher uma roupinha mais sexy, calçar uns saltos altos, maquilhar-me e ir, sem preocupações. A caminho do restaurante ainda a descomprimir, respirei fundo e pensei: relaxa, tu mereces este bocadinho. E foi óptimo o jantar com os amigos de sempre, ver a minha querida amiga feliz e partilharmos mais um lindo momento, juntas. Parabéns Lyla do meu coração!

Sem comentários:

Enviar um comentário