Páginas

terça-feira, 14 de maio de 2013

Exercitar o esqueleto de grávida

Já aqui referi que nunca fui uma menina muito ligada ao desporto, pelo contrário. Mas se há coisa que gosto de fazer são caminhadas, corridas e yoga. Decidida a exercitar o esqueleto de grávida, para além das caminhadas que me tenho esforçado por fazer pelo menos uma vez por semana, comecei hoje o yoga para grávidas. E que bem que soube aquela horinha em que se trabalhou acima de tudo a respiração. Saí de lá mais leve e com a sensação de estar a andar mais direitinha e a respirar naturalmente de forma mais calma e profunda. O puto ao que parece também se divertiu, até porque foi dando uns pontapés enquanto lá estávamos e estou mesmo a vê-lo a curtir milhões no exercício em que imitamos um “sempre em pé” a balouçar de um lado para o outro. Aquilo deve ter sido uma agitação lá no mundo subaquático… ui ui, isso é que foi dar pinos e cambalhotas com farturinha. Dizem os entendidos que estes exercícios para além de ajudarem a mãe a preparar o corpo para o parto, ainda ajudam a criar uma relação e a comunicar com o bebé desde já.
Como gostei da aula, me senti bem e acima de tudo relaxei, inscrevi-me. Vou passar a ir uma vez por semana, espero sinceramente que me ajude a controlar hormonas, o stress que tem vindo a ser mais do que o habitual e a transmitir bem estar ao meu rebento.

Sem comentários:

Enviar um comentário