Páginas

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Ora então com elevado grau de certeza (cerca de 90%) vem aí um menino! O puto já tem uma personalidade forte e teimou em esconder as suas miudezas (ou grandezas) com a pernita, mas depois de ser agitado pela médica lá deixou desvendar um pouco do seu material.
O pai ficou de olhos raiados, todo emocionado, como poucas vezes o vi… e eu… eu esperava que a médica me desse certezas e afinal vou ter de aguardar mais um mesito e pensar: “É provável que seja um menino, mas não posso já desatar a comprar o enxoval todo da criança porque nunca se sabe se daqui a um mês a médica não me diz que afinal é uma gaja e não um gajo…”
De resto… bem, estou a farta de pensar como é que vou aprender a brincar como um gajo e saber ter conversa de gajos e que daqui a uns anos eu vou querer enchê-lo de beijos e ele me vai dizer: “larga-me!” e que ele só vai ser agarrado a mim enquanto eu lhe der mama, porque depois vai preferir ir à bola com o pai do que ficar em casa a ver séries lamechas com a mãe. E pronto começam mais uma serie de “ais” e questões em loop e ainda agora só vamos nos 4 meses de gestação.

2 comentários: