Páginas

sexta-feira, 8 de março de 2013

Oficialmente trintona

Ora ontem fiz 30 aninhos… Tirei o dia de férias e aproveitei para passear, namorar com o esposo e à noite tive a surpresa do meu mano e cunhada para o jantar. Foi um dia calmo, repleto de mensagens, telefonemas e miminhos que me fizeram sentir uma privilegiada.

Sempre achei que quando fizesse trinta ia sentir-me uma pessoa diferente, que as minhas crises existenciais iam passar, que deixava de ser tão emotiva, que passava a ter uma visão pacífica sobre o mundo e a estar em paz com tudo o que me rodeia.

Pois parece que me enganei, não me sinto uma pessoa particularmente diferente por ter feito trinta anos. É verdade que se olhar para trás consigo perceber uma evolução na minha pessoa. Nos últimos dez anos mudou muita coisa na minha vida, vivi várias experiências, aprendi com os meus próprios erros, de alguma forma comecei um caminho de autoconhecimento e estou mais madura, mais calma, mais ponderada, mas continuo a ser uma chorona, a ser lamechas, de vez em quando a ter crises existenciais e um bocadinho de mau feitio, (pode ser que aos quarenta a coisa mude).

Mas sinto-me bem comigo, tenho o que sempre sonhei ter com esta idade, estou grata, feliz e pronta para abraçar o que os trinta têm para me oferecer!


Obrigada do fundo do coração a todos os que se lembraram de mim e contribuíram para tornar o dia de ontem tão especial. São lindos!

Imagem retirada daqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário