Páginas

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Lições de vida

Em tempos onde andamos todos a sofrer com a crise e em que nos deixamos muitas vezes contagiar por um sentimento de descrer num futuro melhor, cruzamo-nos com exemplos de vida que nos dão verdadeiras “chapadas de luva branca”.
A semana passada fui jantar ao Come Prima, um restaurante acolhedor, com pratos de comer e chorar por mais. Ao longo da refeição, acabámos por meter conversa com os donos do restaurante, um casal nepalês em que ele se especializou em cozinha italiana e veio para Portugal tentar a sua sorte. Abriu um restaurante e ela veio do Nepal ter com ele. Criaram um restaurante, uma casa, uma família, tudo num país que não é o deles, com uma língua que não é a deles. E mantêm o espaço aberto há 10 anos, com sucesso. São persistentes, tentam sempre melhorar, ouvem os clientes, aceitam as sugestões de quem por lá passa, têm visão, são empreendedores, são lutadores apesar das dificuldades adicionais causadas pela língua e tudo isto é de se lhe tirar o chapéu.
Sem saber, aquele casal deu-me uma lição de vida, sem saber aquele casal inspirou-me a fazer mais e queixar-me menos, sem saber aquele casal relembrou-me como é importante ir ao encontro dos meus sonhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário