Páginas

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Flores…

Ando praticamente desde o início da relação com o meu homem a moer-lhe a paciência com frases do género: ”Ah tu nunca me deste flores”, “Olha o namorado da não sei quantas enviou-lhe flores para o escritório. Tão querido, vês?”, “Ah hoje esperava que me desses flores e tu nada!” E a resposta dele era sempre a mesma: “Um dia quando menos esperares receberás flores!”. E hoje foi o dia!
Realmente hoje não esperava receber flores.
Hoje para além da agitação normal no escritório, só esperava a confusão no centro comercial para tratar das últimas prendas de Natal e tomar algumas decisões para o próximo ano.
Mas o meu maridão decidiu empenhar-se em busca de flores para me enviar (ao que parece a tarefa não foi nada fácil e ocupou-lhe a hora de almoço toda) e surpreender-me.
Adorei a surpresa e é por estas e por outras que ele é só o melhor marido do mundo!



Sem comentários:

Enviar um comentário