Páginas

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Nunca tinha estado tanto tempo longe do marido e as saudades começam a apertar. Não me venham dizer que seis semanas passam a correr e é pouco tempo e blá blá blá. Isso é o que digo a mim própria todos os dias e ainda assim quando me deito à noite, aquele espacinho vazio ao meu lado parte-me o coração!
Ainda faltam três semanas e dois dias, para ele regressar de Luanda e eu pareço uma criança em Dezembro a fazer a contagem decrescente para o Natal.
Até lá valham-me as novas tecnologias para diminuir um bocadinho a distância através do pequeno monitor...

Sem comentários:

Enviar um comentário