Páginas

terça-feira, 21 de agosto de 2012

30

Hoje os meus pais fazem 30 anos de casados e dei por mim a pensar no percurso que eles percorreram, juntos.


Criaram um lar, uma família, 2 filhos lindos (modéstia à parte), um património e continuam ainda com projetos e a olhar na mesma direção.

É lindo acompanhar de perto um amor assim, ver a forma apaixonada como ainda olham um para o outro, a compreensão, tolerância, respeito e companheirismo com que vivem.  Se foi sempre tudo um mar de rosas? Duvido. Mas a verdade é que ultrapassaram as dificuldades juntos e são felizes.

Isto dá que pensar tendo em conta a taxa de divórcios que existe… terá esta aumentado apenas porque as relações hoje em dia são mais descartáveis? Porque as mulheres são financeiramente mais independentes que há 30 anos atrás? Ou porque no fundo hoje em dia somos muito mais “mimados” e perante uma pequena adversidade desistimos e partimos para outra? Ou será porque aprendemos que também é bom  estar sozinhos?

Não tenho uma teoria comprovada para isto, nem quero.

Sinceramente desejo aos meus queridos pais que continuem assim enamorados durante muitos e bons anos e quanto a mim (recém-casada) espero conseguir construir uma relação saudável e duradoura ao ponto de vir a comemorar bodas de diamante junto do P.

E hoje lá estaremos para comemorar e assistir ao momento em que irão renovar os votos após 30 anos.

Sem comentários:

Enviar um comentário