Páginas

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Jogos Olímpicos ou Jogos da Esperança?

Hoje as notícias do dia passam por títulos como “Fracasso do Judo nos jogos olímpicos”, aliás quando vinha para o escritório de manhã foi essa a primeira noticia que ouvi com a palavra fracasso, referida várias vezes. Não sou propriamente a pessoa mais entendida do mundo em desporto e muito menos seguidora da carreira da Telma Monteiro, mas confesso que me faz alguma confusão o dramatismo e o negativismo com que falamos de nós portugueses e o tom acusatório sobre a derrota da miúda.

Esperavam o quê? Que a miúda ganhasse a medalha e Portugal saísse da crise?

Irrita-me, confesso que me irrita o tom dramático e derrotista como falamos de nós Portugueses. Seja no que for somos os primeiros a desvalorizar-nos. Sou portuguesa e tenho muito orgulho nisso, sei que somos capazes de muito, se quisermos, mas temos de trabalhar a nossa autoestima e amor-próprio como país. 

É verdade que o cenário está negro, disso não há dúvidas, mas adianta continuar a lamentar-nos e a choramingar pelos cantos a queixar-nos da crise e da troika?

Sem comentários:

Enviar um comentário