Páginas

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Despedida parte II – Casablanca

Eu tinha noção que a tendência era as emoções continuarem ao rubro até à data do casório e quando as minhas amigas de faculdade me pediram um fim-de-semana para passarem comigo antes do grande dia, sempre pensei que fosse memorável mas nunca me passou pela cabeça que o destino seria Casablanca.

Entre conversas e eu a tentar descobrir onde iriamos passar este fim-de-semana, sempre pensei que o destino fosse Figueira da Foz… heheh

A coisa foi tão bem organizada que até o noivo foi cúmplice e entregou o passaporte a uma das amigas sem que eu me apercebesse.

E tudo começou assim a L esteve comigo durante o dia de sexta e ajudou-me a fazer a mala, a I veio buscar-nos a casa e supostamente íamos buscar a G ao aeroporto. Quando chegamos ao aeroporto a I entrega-me uns frasquinhos pequeninos e diz-me: “se tiveres líquidos coloca tudo nesses boiões que vamos viajar!”, e eu atónita, ainda sem perceber muito bem o que estava a acontecer lá acondicionei os meus líquidos nos frasquinhos que me tinham acabado de oferecer.
Fomo-nos dirigindo para o check in e foi aí que percebi que não seria a G a vir ter connosco, mas nós a ir ter com ela e que o destino seria Casablanca.
Logo para começar o avião era tão pequeno que parecia um jacto privado (maravilha). Depois chegamos a Casablanca e fomos para casa da G onde jantamos na varanda á luz das velas bebemos umas garrafinhas de vinho e licor e pusemos a conversa toda em dia.

No dia seguinte fui acordada pela G com um beijinho tão bom e um pequeno-almoço tipicamente marroquino pura e simplesmente delicioso. O destino que se seguiu foi praia, sim porque aqui a noiva estava tão branca que quase parecia translucida… heheheh


Depois de uma manhã excelente de praia, onde cada uma ficou com as suas marcas, almoçamos no bar de praia e quando eu pensava que íamos voltar para a areia… tive de voltar a entrar no carro e o destino foi um spa 5 estrelas, onde fizemos um Hammam (como nós diríamos um “Ai MAM” quando estávamos na sauna barradas com argila a suar em bica, quase sem conseguir respirar e à espera que as senhoras do SPA nos indicassem quais os próximos passos). O tratamento é pura e simplesmente divinal, uma mistura de sauna, banho turco, esfoliação e hidratação num só.

Mas as surpresas não acabaram por aqui e enquanto bebíamos o sumo de laranja natural no fim do Hammam veio uma massagista buscar-me para uma massagem relaxante maravilhosa (sei que os adjetivos andam muito à volta do mesmo, mas a verdade é que a massagem foi mesmo muito muito boa), desde o dedo mindinho do pé direito até ao cocuruto da cabeça. No fim disto estava completamente zen, mas ainda tivemos tempo para um jacúzi.

A animação continuou e acredito que para quem conseguir ler isto até aqui este fim-de-semana lhe vai parecer uma semana, tal como a mim, pela quantidade e diversidade de coisas que fizemos.
O jantar seguiu-se no Ricks Café e mais uma vez eu só soube quando cheguei ao local, sim, porque eu tenho umas amigas tão fantásticas que planearam tudo ao pormenor e eu só ia sabendo dos pormenores à medida que eles iam acontecendo.
Recomendo o restaurante onde tivemos o prazer de conhecer a dona e onde todo a decoração e ambiente recria o cenário do filme Casablanca.
Se eu a esta altura campeonato já me sentia uma verdadeira princesa o que se seguiu só veio confirmar este meu sentimento, fomos ao bar da moda, Cabestan Ocean View beber um copo antes da disco e o tratamento foi totalmente VIP. Neste bar para além da elegância do local, fiquei completamente surpreendida com os wc’s que têm um glamour e uma vista surpreendentes (nunca imaginei descrever um wc assim, muito menos em Marrocos, mas realmente a G tinha razão e é sem duvida um sitio a ir neste bar).

A animação continuou noite dentro pelas discos de Casablanca e no domingo já acordámos tarde e um bocado zombies e o destino foi o Sqala onde tomamos um brunch tipicamente marroquino vindo diretamente dos deuses.

Sinto-me uma princesa e ter amigas assim é uma bênção. Obrigada I, L e G pelo fim-de-semana, pelo carinho e amizade. São lindas.

No avião de regresso à capital, aproveitei para fazer um ponto de situação dos to do’s que faltam para o grande dia e a verdade é que o feriado da passada quinta-feira deu para dar um grande andamento à coisa. heeheh

1 comentário:

  1. Ca lindo! Aproveitar o que ê bom!
    ***********************************

    ResponderEliminar